Tudo que você precisa saber sobre Bariloche

SERVICE OVERVIEW

Bariloche

Junto a Cordilheira dos Andes, Bariloche é uma das cidades argentinas mais visitadas anualmente. Ela está localizada na Província do Rio Negro, bem próxima ao Chile, e tem uma população pequena com menos de 150 mil habitantes.Um dos fortes de Bariloche é que a cidade fica entre vários lagos, os quais são os responsáveis por tornar o local ainda mais bonito, um refúgio para turistas, especialmente durante as épocas mais frias do ano. As montanhas que ficam ao redor de Bariloche também são
destaques que incrementam sua paisagem! Cerca de 2 horas de voo da capital Buenos Aires, Bariloche é um destino único para quem quer viver experiências diversas conforme a época do ano escolhida para fazer este passeio. Um pouco sobre Bariloche
Bariloche já era ocupado por povos indígenas antes que o homem branco chegasse à sua região durante os séculos XVII e XVIII. Missionários vindos do Chile fizeram caravanas para o local que hoje integra o território da cidade. A fundação da cidade ocorreu apenas em 1895 e foi quando um imigrante alemão fixou ali seu armazém. Karl Wierderhold deu apenas o pontapé inicial para o que viria a ser uma das cidades mais conhecidas e visitadas de toda a Argentina! Com arquitetura que em muito lembra as construções austríacas e alemãs, San Carlos de Bariloche, como na verdade a cidade se chama, tem muito mais do que neve, motivo de receber visitas durante o ano todo. É um lugar muito agradável de estar.

Bariloche Clima

O clima em Bariloche é bem definido. As quatro estações são bem desenhadas, ou seja, no verão é possível passar calor, enquanto que no inverno todos os casacos saem do armário e fazem jus a esta época do ano! O melhor momento para ir é uma questão muito particular de cada turista. Evidentemente, a alta temporada está mais relacionada ao frio. Por nevar e ter seus lagos
congelados durante esta estação, Bariloche se torna um verdadeiro palco, atrativo para todos os brasileiros e outros visitantes que podem vir de todas as partes do mundo. Junho, julho e agosto são os meses mais frios na cidade, as mínimas são negativas e as
máximas não ultrapassam os 5°C ou 8°C dependendo do dia. Nessa época, os centros de esqui costumam estar abarrotados de pessoas já que ver neve é garantido.

Curiosidades sobre Bariloche

Ideal para quem procura aventura, seja para fazer trilhas, esquiar ou até mesmo fazer canoagem, uma curiosidade sobre Bariloche é que a região também é perfeita para uma viagem a dois, regada a muito romantismo, bons vinhos e uma lareira quentinha. Ou seja, é o destino certo para vários tipos de turistas e para vários tipos de viagem! Qual a sua intenção? Outra curiosidade é que tão logo a cidade foi fundada, Bariloche já começou a receber visitantes e turistas vindos de todos os cantos da Argentina e do mundo. Este foi, inclusive, o motivo de seu primeiro aeroporto ter sido construído tão depressa, em 1912, pouco tempo depois da fundação oficial do município.

Por fim, vale dizer que em Bariloche o nascer e o pôr do sol acontecem em horários curiosos. Durante os dias mais frios do ano, o dia começa por volta das 8 horas da manhã e se põe entre 18 e 19 horas. Em tese, a cidade deveria estar em um fuso horário diferente da capital, Buenos Aires, mas como o fuso foi mantido, é inevitável reparar nesta diferença.

Bariloche: O que fazer neste destino?

Se você procura o que fazer em Bariloche saiba que opções realmente não faltam. O destino é perfeito tanto para quem pretende passar um fim de semana quanto para quem quer ficar mais dias, uma semana inteira, por exemplo. O destino tem absolutamente tudo o que um turista pode querer: várias opções de passeios e atividades acompanhadas, roteiros que atendem às expectativas de cada visitante que chega a região e muita adrenalina, para aqueles que gostam, é claro. O mais atrativo, durante os meses mais frios, é o esqui. Com várias estações para esquiar e total liberdade para cair várias vezes até pegar o jeito, Bariloche é o destino certo para quem quer testar seus próprios limites e habilidades dentro desse esporte.

Bariloche: Opções de pacote

Quer saber quais são as opções de pacote após chegar a Bariloche? Aonde ir e o que aproveitar mais durante a sua estadia? Para responder a essas e outras perguntas, a Funny Times Travel separou uma lista completa de pacotes que vão tornar sua viagem ainda mais interessante, divertida e repleta de aventuras, confira:

1. Cerro Catedral

Um dos maiores centros de esqui, este é um passeio praticamente obrigatório de se fazer quando você vai para Bariloche. Com duração de meio dia, o passeio se inicia com uma subida de teleférico e, se você não quer esquiar, ainda assim o pacote é válido já que no centro de esqui você tem acesso a uma completa infraestrutura de serviços. Vale a pena ir conhecer! Um bom exemplo de atividade para quem não se sente conquistado pelo pacote apenas devido ao esqui é o fato de que por lá existem vários restaurantes. Que tal almoçar diante de uma paisagem tão maravilhosa e inesquecível? Com certeza este é um passeio obrigatório!

1. Cerro Tronador & Ventisquero Negro

Um dia todo para este passeio inesquecível e completo, mais uma alternativa para quem está indo a Bariloche e ainda não se programou sobre o que fazer e o que conhecer por lá. Com várias paradas, como na cidade da Villa la Angostura e pelos 7 lagos, é ideal para quem gosta de apreciar paisagens que tiram o fôlego. O caminho de volta também traz várias surpresas e outras paisagens. Na volta os turistas passam por paisagens rurais e rios que fazem da região um dos locais mais bonitos do mundo.

1. Circuito Chico

Atividade para metade de um dia, o passeio começa dentro de Bariloche e segue contornando um dos mais bonitos lagos da região, o Nahuel Huapi. Uma das paradas é feita para que os turistas subam, de teleférico, cerca de 1.500 m de altura para ter uma vista melhor da região. O passeio continua passando por outros lagos e pontes. Dessa forma, as belezas naturais com que os visitantes se deparam ao longo do caminho rendem os mais belos quadros, sejam na memória ou nas fotos. Na volta, a excursão para na capela de San Eduardo.

1. Circuito Grande

O passeio começa em Bariloche e segue contornando o rio Limay. Entre as belezas com que você vai se deparar pelo caminho, tem o anfiteatro, uma região que lembra muito os anfiteatros romanos. Também passará pelo vale encantado com suas rochas que lembram os dedos de Deus, trem expresso e outros mais pontos turísticos populares na região. O passeio passa ainda por mirantes que permitem que as paisagens sejam vistas em sua totalidade. Várias pontes são atravessadas durante o percurso que leva um dia todo para ser concluído e que com certeza é incrível e inesquecível.

1. El Bolsón y Lago Puelo

Localizado a cerca de 129 km de Bariloche, a cidade El Bóston é outra opção de passeio para um dia todo. O caminho passa por alguns lagos, como o Gutiérrez, e passa também por rios. Na cidade de El Bóston os turistas encontram feiras artesanais, ótima oportunidade para comprar souvenires desse passeio incrível. Também na parada é possível consumir cerveja artesanal, um dos fortes da região, muito apreciada pelos turistas. 

1. Isla Victoria y Bosque de Arrayanes

Com duas opções de pacotes, um com estadia de 3 horas e outro com estadia de 1h30, esta também é uma das excursões mais procuradas pelos turistas que chegam a Bariloche. O Bosque de la Arrayanes é um dos passeios instigantes a se fazer durante os dias na cidade! Com um tempo de navegação para chegar à ilha, o passeio é um atrativo completo e é indicado especialmente para as estações que não são tão frias por envolver vários percursos de navegação, é claro.

1. La Cueva

Para os amantes da gastronomia, não tem como conhecer um país, uma região noval, sem se preparar para degustar pratos e bebidas diferentes, não é mesmo? É por isso que um dos passeios proporciona uma experiência única nesse sentido. Um restaurante diferente, dentro de uma rocha, em uma montanha, não lhe parece algo único? A experiência tende a ser marcante ainda mais quando se pensa no fato de que ali você experimentará a culinária local que, vale dizer, rende muitos elogios.

1. Piedras Blancas

Opção para quem está programando os dias em Bariloche de junho a setembro, a depender da operação, o Piedras Blancas tem nada menos do que 5 pistas de gelo e é o passeio ideal para quem gosta de muita adrenalina. Por lá é possível fazer o passeio de teleférico também. De cima, a paisagem é ainda mais deslumbrante, toda pintada de branco, já que na época de funcionamento o que não falta é neve por toda a região.

1. Puerto Blest y Cascada los Cantaros

Passeio que começa em Puerto Pañuelo, é uma opção para quem gosta de navegação! Com a selva em volta, é um passeio diferente e bem procurado. A parada para almoço é em Puerto Blest e neste roteiro você pode conhecer, sujeito a disponibilidade do passeio, o lago Félix Frias, um lago verde e lindo!

Além disso, também é possível ver o vulcão Tronador, bem como inúmeras outras paisagens. O caminho da volta é pelo mesmo trajeto e, ao regressar de catamarã, o turista faz o translado que o deixará na cidade de Bariloche novamente.

1. Rafting Rio Limay

Nem só de esqui será um passeio em Bariloche! Outra opção bem interessante e indicada para os meses mais quentes é o fazer o rafting, um esporte aquático para quem gosta de aventura e não tem medo de correnteza. Cerca de 30 minutos de distância da cidade, este é um passeio para fazer por meio dia e é uma excelente opção para quem está viajando em grupos, seja de familiares ou amigos. Além da aventura de descer o rio, os turistas podem se encantar com as paisagens naturais e maravilhosas do percurso tanto de ida quanto de volta. 

1. Refugio Arelauquen

Mais uma opção para uma boa refeição, talvez você já tenha escutado sobre este restaurante que se movimenta para que você tenha uma experiência prazerosa e única durante sua refeição, desfrutando da mais linda paisagem de toda a região. Além de ter uma paisagem encantadora e uma gastronomia deliciosa, o caminho para ir e vir do Refugio Arelauquen também é um passeio e tanto para os turistas de todos os cantos do mundo! A dica é escolher uma noite especial para ir até este lugar!

1. San Martin de los Andres por 7 lagos

Vales e montanhas, lagos maravilhosos e uma das cidades mais belas da região. Esse é apenas o início da descrição deste pacote de passeio para um dia todo em Bariloche. A primeira parada do passeio também é em Villa la Angostura. Além disso, a excursão passa por um caminho repleto de rios e lagos. Alguns dos lagos encontrados pelo caminho são o Nahuel Huapi, o mais famoso de todos em Bariloche, com suas lendas e histórias, o Correntoso, o Espejo, o Escondido, o Villarino, o Falker y Manhónico. O almoço fica para a parada em San Martín. 

1. Villa Angostura y Cerro Bayo

Vários pacotes, como você viu, passam pela Villa Angostura, sendo esta uma região importantíssima, passeio de grande parte dos turistas que chegam a Bariloche. Dessa forma, é mais uma alternativa para conhecer o local. Com duração de um dia completo, o passeio fica aberto de junho a setembro, porém depende das condições climáticas. A região é ideal para a prática do esqui, por isso é necessário levar em conta as observações anteriores antes de programar o seu passeio. Agora que você já sabe o que fazer em Bariloche, aproveite para reservar seus passeios com quem é referência em proporcionar as melhores estadias para os turistas. Fale com a Funny!

BARILOCHE: Tudo que você precisa saber | Funny Times Travel

Bariloche é uma das cidades argentinas mais visitadas anualmente. Ela está localizada na Província do Rio Negro, bem próxima ao Chile.